http://www.marvelsul.com.br/site/content/home/
OPINIÃO
  • O Brasil de 2014 até 2018 passa por dois pernambucanos que vão influir em nossos rumos. Eduardo Campos tem elogiado Lula, mas o inverso não é verdadeiro:  “A Marina eu compreendo porque ela e a Dilma foram minhas ministras e eu acompanhava as divergências das duas, mas o Eduardo eu não entendo", disse Lula agora em abril.

    Leia o post
  • Alguns leitores escrevem reclamando que o site ficou menos crítico. Eles têm razão. Adianto que tudo voltará ao normal depois da Páscoa, data em que, segundo a bíblia, ocorreu a ressurreição de Cristo.

    Leia o post
  • Nos olhos meus: "Muros transparentes"

    Leia o post
  • Há quem ache bonitinho fantasiar seus filhos pequenos para exposição pública e diversão alheia. Para mim, quem faz e aplaude isso é pessoa ignorante. Não sabe o mal que faz ao desenvolvimento infantil.

    Leia o post
  • O cineasta iraniano Asghar Farhadi conquistou notoriedade com o espetacular A Separação (2011), vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim e do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Seu novo longa, o ótimo O Passado, venceu dois prêmios no Festival de Cannes, além de ser indicado à Palma de Ouro.

    Leia o post
  • Nasce uma criança. Os médicos a examinam e verificam que ela tem Síndrome de Down. Assim começa “O Filho Eterno”, livro com traços autobiográficos do premiadíssimo escritor catarinense Cristóvão Tezza. Para os pais, é uma surpresa. São os anos 1980, e os exames pré-natal, com uma tecnologia mais atrasada que hoje, não detectaram nada diferente. Durante nove meses de gestação, os pais sonharam e fizeram planos para o filho que vinha por aí. Formaram expectativas. Positivas, como sempre.

    Leia o post
  • Os 50 anos do golpe militar de 1964 deram origem a uma overdose de artigos, reportagens, debates e seminários sobre a ditadura e suas conseqüências sobre a vida dos brasileiros. Aparentemente, não resta nada a dizer, mas na realidade ainda não se falou tudo. Muitas pessoas ainda guardam na memória episódios que poderiam servir como matéria-prima de um gigantesco memorial.

    Leia o post
  • O aziago mês de agosto do ano da graça de 2011 marcou a confluência de duas comemorações contraditórias: os 45 anos do afogamento sob torturas do ex-sargento do Exército Manoel Raimundo Soares e os 100 anos de nascimento do general Golbery do Couto e Silva.

    Leia o post
  • Este texto foi publicado originalmente em 16/09/2011 (RF)

    Leia o post
  • Grupo Abril chama Falconi para ser 'mãos de tesoura'
    17/04/2014 | 21h10

    Empresa de Falconi é a mesma contratada pela Prefeitura de Pelotas, para melhorar os resultados do ensino-aprendizagem

    Do site 247

    Vicente Falconi

    O Grupo Abril acaba de tomar a decisão, ensaiada desde o ano passado, de emagrecer, em definitivo, como editora de revistas. Por decisão direta da dupla de comando Gianca Civita, presidente do Conselho de Administração, e Fábio Barbosa, presidente da Editora Abril, acaba de ser contratada a consultoria Instituto de Desenvolvimento Gerencial, fundada e dirigida pelo engenheiro Vicente Falconi.

    Autor de livros sobre gestão e assessor de recursos humanos contratado por diferentes empresas, ele é conhecido no ramo como Falconi Mãos de Tesoura, em razão das sugestões de reestruturação que incluem profundos cortes de pessoal para darem certo.

    Por coincidência, ainda, a chegada de Falconi como consultor da presidência acontece no mesmo momento em que novas demissões ocorrem na até aqui intocável revista Veja. No ano passado, dentre o fechamento de quatro títulos, fusão e reestruturação de outros dez e cerca de 150 demissões, a Veja havia sido poupada. Ali, dez cortes ocorreram em agosto do ano passado, mas algumas dispensas tiveram caráter político. Foi o caso do correspondente da revista em Nova York, André Petry, que era visto pelo atual diretor de redação, Eurípedes Alcântara, como um sombra em sua zona de poder.

    Desde que assumiu o Grupo Abril, em razão da morte de Roberto Civita, seu pai, em maio do ano passado, Giancarlo Civita, o Gianca, rapidamente definiu o rumo a seguir. Ele chegou a declarar ao jornal Valor Econômico que o mundo dos fundadores – seu avô, Victor (1907-1990), e os dois filhos – era outro, e o momento presente exigia uma companhia voltada para novos mercados além do das revistas.

    Em agosto, Gianca mostrou ao que veio, promovendo cortes nas redações e acentuando a política de investir na compra de colégios de renome. Neste setor, a Abril já exibe um portfolio de dez instituições de ensino, com investimentos anuais de cerca de R$ 100 milhões no setor.

    Com Falconi junto do Grupo Abril, a sinalização é a de que a área de revistas perderá ainda mais prestígio interno, passando cada vez mais a um tipo de gerenciamento em que a antiga 'mãe', como a empresa já foi chamada por muitos de seus funcionária, vira 'madrasta'

    MAIS: 247

  • http://www.pelotas.com.br/
    Super feriado
    17/04/2014 | 16h56
  • http://www.livrariamundial.com.br/
    Feira do Livro deve voltar à praça
    17/04/2014 | 14h44

    Em primeira reunião com livreiros, em torno da organização da Feira do Livro deste ano, a vice-prefeita, Paula Mascarenhas, disse a eles que não se opõe a que o evento volte a ser realizado na Praça Coronel Pedro Osório, desde que o tamanho das bancas seja padronizado. 

    Proposta oficial é que a decisão final sobre o local seja tomada em conjunto - por Prefeitura e Câmara Pelotense do Livro.

    Em 2013, a Prefeitura retirou a feira da praça. Levou-a para o Mercado Público, alegando dois fatores principais: para evitar o congestionamento do público e para que a praça não fosse danificada.

    Facebook | Twitter | RSS | Prêmios e Regras de comentários

  • Trabalhos da CPI da Fernando Osório avançam
    17/04/2014 | 14h01

    Vereadores de Pelotas aprofundam trabalhos na CPI que investiga a obra de asfaltamento da avenida Fernando Osório, executada durante o governo anterior, de Fetter Jr. Estão concentrados no asfalto, que está esfarelando e cuja camada é mais fina do que deveria, embora haja problemas em outras partes da obra de "requalificação da via" (veja nos links abaixo).

    Um engenheiro acompanhou vereadores nesta quarta (16), em inspeção da avenida.

    Em entrevista ao Amigos, direção da Construtora Pelotense, uma das duas empresas do consórcio que realizou a obra, diz que "deseja ser chamada na CPI, pois possui uma papelada comprovando que avisou a Prefeitura que a camada de asfalto (definida em projeto da Prefeitura) seria insuficiente para a eficiência da obra". 

    "Mesmo assim - diz a direção da Pelotense - a Prefeitura insistiu na realização da obra com menos asfalto do que o necessário".

    LEIA MAIS:

    - CPI da Fernando Osório tem potencial para afetar Fetter

    Prefeitura aciona Construtora por reparos na Fernando Osório

    Legislação garante reparos na Fernando Osório

    Fernando Osório terá reparos e novo projeto

    Prefeito e vice pedalam atrás de soluções

    Problemas persistem na Fernando Osório

    Facebook | Twitter | RSS | Prêmios e Regras de comentários

  • Dois pit stops: um em 1950, outro hoje
    17/04/2014 | 12h55
  • No quartel de Abrantes
    17/04/2014 | 12h33

    Montserrat Martins

    O Brasil de 2014 até 2018 passa por dois pernambucanos que vão influir em nossos rumos. Eduardo Campos tem elogiado Lula, mas o inverso não é verdadeiro:  “A Marina eu compreendo porque ela e a Dilma foram minhas ministras e eu acompanhava as divergências das duas, mas o Eduardo eu não entendo", disse Lula agora em abril.

    ____________________________

    "Uma coisa é ser fiel ao governo porque se

    tem medo de perder os programas sociais –

    do bolsa família ao minha casa minha vida – 

    outra é tentar captar eleitores de uma líder

    cujo carisma é pessoal e intransferível"

    Se a decisão fosse hoje, o ex-presidente podia dormir tranqüilo: dia 14 foi oficializada a chapa com Eduardo a presidente e Marina a vice e, ao contrário do que Lula conseguiu com Dilma, nada indica que o povo que simpatiza com a ex-ministra irá transferir seus votos para o neto de Miguel Arraes. Uma coisa é ser fiel ao governo porque se tem medo de perder os programas sociais – do bolsa família ao minha casa minha vida – outra é tentar captar eleitores de uma líder cujo carisma é pessoal e intransferível.

    É verdade que as pesquisas podem mudar, que são apenas um retrato do momento, mas para isso teria de haver um motivo e se observarmos os sentimentos das pessoas podemos notar algumas tendências. Há um lado racional, o desejo de estabilidade, que num país com pleno emprego e estabilidade econômica favorece a reeleição em primeiro turno. O outro lado da moeda, o desejo de mudar, só teria vazão com alguém que inspirasse muita confiança, alguém a quem confiaríamos a chave da nossa casa se fosse preciso. É desse empatia pessoal e intransferível frente à população que  estamos falando, o único fator de mudança possível.

    Esse sentimento não é meu, tenho ouvido diariamente até de pessoas que não gostam de Marina Silva que a única chance de termos segundo turno é se o Eduardo tiver um gesto de estadista e inverter os papéis, se colocando de vice de sua vice carismática. Um gesto que só os grandes líderes são capazes de fazer, uma renúncia pessoal que se pode esperar apenas de quem tem a grandeza e a inspiração do inesquecível Arraes.

    Marina Silva

    Não é nada confortável a situação de Eduardo, correr o risco de não conseguir levar o projeto que representa para o segundo turno. Mais que isso, ele e seu partido sabem que – depois de haverem crescido sempre em parceria com o lulismo – no momento em que ambicionam o posto máximo, a partir de agora se tornam “inimigos do rei” e que este irá “salgar a terra” onde pisarem.

    Por paradoxal que seja os ex-adversários Sarney, Collor, Maluf e Renan estarem todos de bem com o lulismo, enquanto Eduardo estava ao lado de Lula todos esses anos, é sua rebeldia que o tornará o principal alvo do governo, mais até do que Aécio, já que nada indica que os tucanos consigam retornar ao poder. Ao ambicionar o trono do conterrâneo (ocupado pela criatura fiel ao seu criador), o pernambucano mais jovem está atraido a ira do antecessor que já avisou que não o entende, como um rebelde sem causa. Sua ousadia, não apoiada ainda pelo povo, pode lhe levar à terra salgada. E tudo segue como dantes no quartel de Abrantes.


    Montserrat Martins é médico e bacharel em ciências jurídicas e sociais.

    Outros textos do autor.


    Facebook | Twitter | RSS | Prêmios e Regras de comentários

  • Puro prazer, The Wade Brothers (fire)
    16/04/2014 | 19h54

    Fotografia

    Facebook | Twitter | RSS | Prêmios e Regras de comentários

  • Presidente do PT cobra renúncia de André Vargas
    16/04/2014 | 18h56

    “Por mim já deveria renunciado”, disse há pouco ao Blog do Noblat o presidente do PT, Rui Falcão, a propósito do recuo de André Vargas (PT-PR) da decisão de renunciar ao mandato de deputado federal.

    O Conselho de Ética da Câmara abriu processo para cassar o mandato de Vargas, suspeito de ser sócio informal do bicheiro Alberto Youssef, preso há um mês pela Polícia Federal.

    A opinião predominante dentro da Executiva Nacional do PT é a de que Vargas está demorando a renunciar, o que só expõe o partido a desgaste.

  • Vox Populi dá Dilma no primeiro turno, com 40%
    16/04/2014 | 18h46

    Levantamento realizado pelo Instituto Vox Populi e divulgado pela revista CartaCapital na tarde desta quarta (16) aponta, mais uma vez, a vitória da presidente Dilma Rousseff já em primeiro turno, com 40% das intenções de voto.

    Em relação à pesquisa Vox Populi divulgada em fevereiro, Dilma caiu 1 ponto percentual, o que demonstra estabilidade. Os dois adversários praticamente não avançaram sobre os índices da presidente. Aécio Neves, do PSDB, registrou 16%, e Eduardo Campos, do PSB, 8%.

  • Vargas Llosa critica a 'cultura' dos nossos tempos
    16/04/2014 | 15h51

    O tema é destrinchado pelo escritor peruano no livro A civilização do espetáculo.

    O livro é excelente. O vídeo traz uma síntese do foco da obra.

    Facebook | Twitter | RSS | Prêmios e Regras de comentários

  • Adiada inauguração da Biblioteca Mário Osório Magalhães, cujo trabalho de historiador não era unanimidade
    16/04/2014 | 15h07
    Mário Osório Magalhães

    UFPel informa o adiamento da inauguração da Biblioteca do Lyceu. Marcado para esta quinta (17), o evento não tem nova data definida.

    A Biblioteca do Lyceu atenderá os cursos de Relações Internacionais e de Hotelaria e, segundo a Universidade, tem como uma das principais atrações as obras do acervo pessoal do escritor Mário Osório Magalhães, doadas pela família. Mário faleceu em 19 de setembro de 2012. O acervo, mais de duas mil obras, estará disponível numa sala que levará o nome do docente e escritor.

    Da Redação - Mário Magalhães se destacou como professor de história. Com sua dedicação a contar a história de Pelotas e de antepassados de sua família, passou a ser considerado historiador. Parte do trabalho de Magalhães nesse âmbito, contudo, foi e é questionado em círculos intelectuais como visão "fantasiosa e edulcorada" da realidade. (RF)

    Facebook | Twitter | RSS | Prêmios e Regras de comentários

  • Licitação de ônibus em Porto Alegre acaba com IPK, vilão do cálculo de tarifas vigente em Pelotas
    16/04/2014 | 14h55

    O edital de licitação para transporte coletivo em Porto Alegre não contém mais o Índice de Passageiro por Quilômetro (IPK), utilizado para efeito de cálculo da tarifa.

    O mesmo IPK é utilizado hoje para calcular a tarifa dos ônibus em Pelotas.

    Segundo o diretor-presidente da EPTC (Empresa Público de Transporte e Circulação), Vanderlei Cappellari, o IPK é o grande vilão que fez com que a tarifa de ônibus de Porto Alegre crescesse muito mais que a inflação nos últimos anos, porque as perdas de passageiros – que ocorriam anualmente graças à migração de usuários para o carro – ocasionavam aumento da tarifa.

    Agora, segundo  o edital, perdas de passageiros de até 1,9% anual não incidirão no valor da passagem, apenas após um período de quatro anos. “Mais que 1,9% nós temos que fazer o reequilíbrio econômico, se não nem teríamos interessadas na concorrência”, afirma Cappellari. 

    Além disto, o aumento no número de passageiros trará recompensas para as empresas – e para os próprios usuários. Se houver incremento anual de passageiros, metade dele incidirá no lucro das empresas e metade para redução do valor das passagens. 

    “Isto visa a conquista de passageiros, e para isto as empresas terão que estar sempre buscando melhor gestão, melhor qualidade nos serviços”, afirma o diretor-presidente da EPTC.

    O prefeito de Pelotas promete a publicação do edital da licitação local para julho próximo.

    (Com informações do Sul21)

    Facebook | Twitter | RSS | Prêmios e Regras de comentários

  • Páscoa e exercício crítico
    16/04/2014 | 13h58

    Rubens Filho

    Alguns leitores escrevem reclamando que o site ficou menos crítico. Eles têm razão. Adianto que tudo voltará ao normal depois da Páscoa, data em que, segundo a bíblia, ocorreu a ressurreição de Cristo.

    Ovo Fabergé

    Facebook | Twitter | RSS | Prêmios e Regras de comentários

  • Para Graça Foster, compra de Pasadena pela Petrobras "não foi bom negócio"
    15/04/2014 | 12h42

    A presidenta da Petrobras, Graça Foster, reconheceu nesta terça-feira (15) que a compra pela estatal brasileira da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), foi um bom projeto no início, mas que se transformou em um projeto de baixa possibilidade de retorno. "Hoje, olhando aqueles dados, não foi um bom negócio, não pode ser um bom negócio. Isso é inquestionável do ponto de vista contábil." Segundo ela, o prejuízo para a Petrobras com aquisição da refinaria foi US$ 530 milhões.

    A avaliação foi feita em audiência pública que acontece nas comissões de Assuntos Econômicos e na de Fiscalização e Controle do Senado, onde Graça foi convidada para falar sobre as denúncias de irregularidades na estatal, como a compra da refinaria. Para uma comissão lotada de jornalistas, parlamentares da base aliada ao governo e de oposição, Graça Foster esclareceu ainda que o custo total da transação US$ 1,25 bilhões.

  • José de Abreu pede que Lula e Dilma apoiem José Dirceu
    14/04/2014 | 11h43

    "Como confiar num líder que abandona seu companheiro numa prisão injusta? Lula e Dilma têm que se manifestar urgentemente! Temos que fazer uma campanha nacional liderada por Lula e Dilma contra a injustiça a que Dirceu está submetido".

    José de Abreu, ator

    José de Abreu, ator

    Facebook | Twitter | RSS | Prêmios e Regras de comentários

  • Dilma promete combater ações criminosas praticadas no programa Minha Casa, Minha Vida
    14/04/2014 | 10h14

    Em Pelotas, Procuradoria da República ingressou com ação em 2011 contra imobiliárias Fuhro Souto, HFM e construtora Capamax, por cobranças irregulares no Programa federal. Conseguiu liminar judicial proibindo aquela prática. Ação, contudo, continua sem julgamento final

    Veja aqui a íntegra da ação da Procuradoria em Pelotas

    Justiça proíbe cobrança de corretagem no Minha Casa em Pelotas

    - Sinduscon-Pelotas promete ao MP não cobrar corretagem

    A presidenta Dilma Rousseff disse nesta segunda (14) que o governo vai utilizar todos os meios legais para impedir que criminosos roubem as propriedades das famílias beneficiadas pelo Programa Minha Casa, Minha Vida

    Por meio de parcerias, a Polícia Federal vai apoiar as polícias estaduais nas investigações para impedir e reprimir abusos e crimes. 

    Dilma lembrou que quem recebe subsídio do governo não pode vender a casa por dez anos.

    “Assim, toda compra feita desses proprietários originais, fictícia ou não, é ilegal. E nós, do governo, apoiaremos sempre o proprietário original para assegurar seu direito à moradia”, acrescentou.

  • Caluniador de filho de Lula na internet é executivo do Instituto FHC
    14/04/2014 | 08h57

    Fabio Luís Lula da Silva, o Lulinha, filho do ex-presidente Lula, pediu a abertura de um inquérito no 78º. DP, na capital paulista, para a identificação dos responsáveis por boatos na internet de que seria dono de grandes áreas de terra e supostas mansões e aviões, além de empresas. Uma das áreas mostradas é, na verdade, da Escola Superior de Agricultura (Elsalq), de Piracicaba.

    Seis internautas já foram chamados a depor. Apenas um, Daniel Graziano, ainda não compareceu. Daniel é gerente administrativo e financeiro do Instituto Fernando Henrique Cardoso (iFHC), ligado ao ex-presidente tucano. 

    É filho de Xico Graziano, coordenador da área de internet do pré-candidato do PSDB à presidência, Aécio Neves. Procurado no iFHC, ele não retornou. Os outros intimados – Roger Lapan, Adrito Dutra Maciel, Silvio Neves, Paulo Cesar Andrade Prado e Sueli Vicente Ortega – disseram acreditar que os comentários sobre compra de fazendas e aviões fossem verdadeiros e não teriam “pensado na hora de fazer as postagens”. 

    O advogado de Lulinha, Cristiano Zanin Martins, diz aguardar o resultado das investigações para definir se entrará ou não com processo contra as pessoas que “macularam a imagem” de seu cliente.

    Lulinha mora no Paraíso, na capital paulista, numa área de classe média. No seu prédio, diz ele, nenhum morador conversa com ele. Por outro lado, diz ser abordado o tempo todo pelos porteiros, faxineiros, garçons e frentistas que querem bater papo e perguntar sobre seu pai.

    MAIS: Brasil Econômico

    Facebook | Twitter | RSS | Prêmios e Regras de comentários

  • A rebordosa da legalidade
    10/04/2014 | 19h07

    Geraldo Hasse

    Os 50 anos do golpe militar de 1964 deram origem a uma overdose de artigos, reportagens, debates e seminários sobre a ditadura e suas conseqüências sobre a vida dos brasileiros. Aparentemente, não resta nada a dizer, mas na realidade ainda não se falou tudo. Muitas pessoas ainda guardam na memória episódios que poderiam servir como matéria-prima de um gigantesco memorial.

  • Banca que tira visão do Mercado será reposicionada
    10/04/2014 | 08h43
    Banca tira visão do Mercado Público
    As bancas de revista em Pelotas também serão ajustadas ao regramento do uso do espaço público definido pela Prefeitura, como reação à ação do Ministério Público.

    A banca acima fica na esquina do calcadão da rua Andrade Neves com Lobo da Costa - e não é preciso analisar muito para perceber que está mal localizada, tirando toda a visão do Mercado Público ao fundo.

    A secretária de Gestão e Mobilidade, Joseane Almeida, informa que a banca acima será transferida de lugar em breve. 

    Segundo ela, a exemplo dos treilers, que tiveram se de tornar móveis, e dos estabelecimentos de alvenaria sobre a faixa de areia da praia do Laranjal, que estão sendo demolidos, as bancas de revista, as floriculturas, quiosques e estabelecimentos assemelhados que funcionam no calçadão e em outros pontos públicos da cidade vão ser igualmente enquadrados no regramento de ocupação.

    Facebook | Twitter | RSS | Prêmios e Regras dos comentários

  • Vídeo do dia: Joaquim Barbosa esculachado em Brasília
    09/04/2014 | 16h58

    Reações causadas pela paixão política. 

    Se, ao ver o vídeo, você lembrar do fundamentalismo, não estará errado. Pode-se discordar do ministro do Supremo, pode-se expressar essa discordância, mas não fazer que o rapaz do vídeo faz. Isso aí já é outra coisa.

<
123...95
>