http://www.marvelsul.com.br/site/content/home/
  • Marina: 'Mente quem diz que não sabia do roubo na Petrobras'

    A candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, fez duras críticas á presidente Dilma Rousseff (PT) nesta terça-feira, em São Paulo, e afirmou que a adversária petista mentiu ao dizer que não sabia da existência de um amplo esquema de corrupção na Petrobras. Reportagens de VEJA revelaram que o ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa entregou em acordo de delação premiada uma constelação de políticos e partidos que receberam dinheiro desviado da empresa – entre eles o PT e a própria campanha de Dilma em 2010.

  • http://www.pelotas.rs.gov.br/

    Se houvesse revolução em Pelotas...

    Se houvesse uma revolução em Pelotas, um personagem da reprodução acima certamente estaria presente. Uma dica: tem quatro patas.

  • Pelotas fora de lista de 28 aeroportos regionais que vão receber verba do governo federal para melhorias

    Pelotas ficou de fora da lista dos 28 primeiros aeroportos regionais que vão receber grandes obras federais para aumento de capacidade. No Rio Grande do Sul, dois municípios foram beneficiados: Rio Grande e Santo Ângelo. 

    A lista foi publicada pelo jornal Folha de S. Paulo nesta terça (30). Projetos para licitação dessas unidades estão concluídos, o que permite ao governo federal iniciar a concorrência para as ampliações ainda neste ano. 

    A melhoria faz parte do projeto lançado pelo governo em 2012 de colocar mais cerca de 32 milhões de pessoas a uma distância de 100 km de um aeroporto com voo comercial. 

    No total, o governo espera ampliar 270 aeroportos, no valor de R$ 7,2 bilhões –40 já receberam obras até agora.

  • Quanta velhacaria de Lula e sua turma!

    Lula

    Ricardo Noblat

    Lula comentou hoje:

    - Ouvi dizer que o mercado está nervoso porque Dilma vai ganhar. Ganhei em 2002 e 2006 e não pedi voto para o mercado. Dilma ganhou em 2010 e não pediu voto pro mercado. A gente pede voto é pras pessoas.

    Em 2002, Lula lançou um documento chamado “Carta aos Brasileiros” onde garantia a manutenção da política econômica do governo Fernando Henrique Cardoso.

    Na verdade, indiretamente, a carta foi destinada a empresários e banqueiros. Eram eles que estavam em pânico com a eventual eleição de Lula.

    Fez isso por que? Por que desejasse perder votos do mercado financeiro? Ou por que desejasse ganhá-los?

    A resposta é óbvia.

    Meus Deus! De quanta velhacaria Lula, Dilma e sua turma são capazes.

    Mais: Blog do Noblat

  • Um dia na vida de Eduardo Jorge, segundo Gabeira

  • Datafolha: Dilma tem 40%, Marina, 25% e Aécio, 20%

    Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (30) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:

    - Dilma Rousseff (PT): 40%

    - Marina Silva (PSB): 25%

    - Aécio Neves (PSDB): 20%

    - Pastor Everaldo (PSC): 1%

    - Luciana Genro (PSOL): 1%

    - Eduardo Jorge (PV): 0%*

    - Zé Maria (PSTU): 0%*

    - Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*

    - Eymael (PSDC): 0%*

    - Levy Fidelix (PRTB): 0%*

    - Mauro Iasi (PCB): 0%*

     - Branco/nulo/nenhum: 5%

    - Não sabe: 5%

    No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 26, Dilma tinha 40%, Marina, 27%, e Aécio, 18%.

  • Executivo analisa se altura de edifício a ser erguido no estádio do Lobão é compatível com Plano Diretor

    Interessados em comprar estádio do Pelotas querem construir quatro edifícios de 13 andares cada
    A secretária de Gestão de Cidade e Mobilidade, Joseane Almeida, disse nesta terça (30) ao Amigos que, como gestora, vê com bons olhos a transação de transferência do estádio do Esporte Clube Pelotas para a Sanga Funda. 

    Segundo ela, há dois pontos positivos nisso: 

    1) A melhoria da mobilidade urbana na região atual do estádio (rente à Avenida Bento Gonçalves, entre as ruas Anchieta e Gonçalves Chaves), que fica abarrotada de automóveis em dias de jogo e cria barreiras ao livre fluxo de pessoas; 

    2) A valorização da área da Sanga Funda, com a construção do novo estádio do Pelotas (uma Arena), que, segundo ela, fortalece o processo de urbanização daquela área.

    >>Leia também: Não só Lobão ganha com venda do estádio. IPTU da área subirá + de R$ 1,3 milhão, atrairá negócios e empregos

    Joseane observa, porém, que, tecnicamente, sua Secretaria ainda não pode emitir posição oficial sobre o pleito de construção de quatro torres de edifícios de 13 andares na área do estádio atual (mais supermercado), como é intenção dos pretendentes a comprar a área da Boca do Lobo.

    Segundo ela, antes será preciso analisar o Plano Diretor (PD) da cidade, para se certificar daquela possibilidade.

  • Não só Lobão ganha com venda do estádio. IPTU da área subirá + de R$ 1,3 milhão, atrairá negócios e empregos

    A transação envolvendo a venda do Estádio do Esporte Clube Pelotas (popular 'Boca do Lobo'), no quarteirão rente à Avenida Bento Gonçalves, entre as ruas Anchieta e Gonçalves Chaves, ainda não é uma realidade. É uma possibilidade. 

    As negociações estão no começo. Mas, se o negócio sair, os sinais indicam que será uma excelente solução não só para o Clube, mas também à Prefeitura.

    A direção do Pelotas recebeu uma proposta de compra da área total do estádio, que possui 24 mil metros quadrados - 9 mil destes ocupados por estabelecimentos comerciais posicionados no entorno do estádio, locados pelo Clube.

    O interessado no negócio (não há confirmação, só boato) seria o grupo Zaffari & Bourbon.

    O objetivo dos interessados é erguer no local um supermercado e mais quatro edifícios-torre de 13 andares, com apartamentos residenciais e escritórios.

    A proposta agradou a direção do Clube. Esta, em 16 de setembro passado, formalizou na Prefeitura uma proposta inicial de viabilidade da construção. Este procedimento foi tomado porque a resposta da Prefeitura é condição para que o tema seja levado à reunião dos 500 conselheiros e sócios do Clube. Se a Prefeitura responder que o projeto fere o Plano Diretor, a proposta não será sequer submetida à apreciação do colegiado do Clube.

    A resposta da Prefeitura deve sair até meados de outubro.

    Flávio Gastaud, vice-presidente do Pelotas: vê com bons olhos a transação, mas ressalta que será discutida amplamente com conselheiros e sócios

    PROPOSTA COMPLETA FEITA AO CLUBE - Em contrapartida à proposta dos interessados na compra do estádio, a direção do Clube fez uma contraproposta que, segundo o vice-presidente do Pelotas, Flávio Gastaud, foi aceita pelos interessados. 

    A proposta é considerada boa por três motivos centrais: 

    1) O valor a ser pago pela atual área do estádio Boca do Lobo permitiria ao Clube sanear suas finanças e ficar com lucro em caixa;

    2) Os compradores se comprometem a construir um estádio novo para o clube, uma arena moderna com capacidade para 20 mil pessoas, 4 mil a mais do que a capacidade do estádio atual;

    3) Os compradores aceitam pagar ao Clube, mensalmente, pagamento equivalente a três vezes o valor dos aluguéis que o Clube recebe, hoje, pela locação de imóveis comerciais localizados no entorno do estádio.

    O NOVO ESTÁDIO - A Arena do Esporte Clube Pelotas seria construída, inicialmente, numa área pertencente ao Clube (doada a este pelo então prefeito Irajá Rodrigues), na região de Sanga Funda, próxima de onde a Prefeitura pretende construir o sambódromo para os desfiles oficiais do Carnaval, próximo ainda à APA e ao Parque Lobão.

    PELOTAS GANHA - Se o negócio sair, não ganhará apenas o Clube, mas a Prefeitura. O estádio atual está isento do pagamento do IPTU. Pagam este imposto apenas os comércios locados pelo Clube em seu entorno. Somados, estes comércios pagam à Prefeitura, de IPTU, cerca de R$ 80 mil por ano. Com a construção do supermercado e as quatro torres de edifícios de 13 andares, o faturamento da Prefeitura, em IPTU, saltaria para R$ 1,4 milhão, fora outros benefícios tributários, como ISS, e econômicos, com a geração de negócios e de empregos.

  • Câmara de Vereadores tenta desgastar governo desde que prefeito decidiu não ceder ao fisiologismo

    Mesmo com todos os secretários presentes em plenário, vereadores marcaram outras datas para convocá-los: tentativa de desgaste
    Última atualização: 02h24 de 01/10/2014

    Na sessão desta segunda (29), na Câmara, deu-se uma cena curiosa. Convocado por vereadores para prestar informações sobre projeto de lei do Executivo prevendo remanejamento de verbas do orçamento 2014, o secretário de Gestão Administrativa e Financeira da Prefeitura, José Cruz, esteve presente pela segunda vez em plenário. Cruz respondeu a todas as perguntas com a objetividade de quem conhece pelo avesso o tema ContabilidadeDepois disso, os vereadores aprovaram o projeto de lei do governo, aceitando o remanejamento de verbas proposto. Não precisavam ter convocado Cruz, pois o projeto explicava com clareza o motivo do remanejamento, uma exigência da legislação federal (veja no pé do post). Mesmo assim, convocaram Cruz para o "interrogatório", algo que se tornou corriqueiro em relação a vários secretários de governo, nesta legislatura.

    >> Leia também: Montserrat e a nossa Câmara de Vereadores / A que ponto chegamos: vereadores tratam sua independência como ameaça

    Agora a cena curiosa... Em seguida à aprovação do projeto, porém, vereadores anunciaram a convocação, para os próximos dias, de outros secretários do Executivo, para que igualmente expliquem os remanejamentos (aprovados por eles, vereadores) referentes às respectivas pastas.

    Se os vereadores já aprovaram o projeto, o que mais querem saber?

  • Semana do Idoso começa nesta quarta

    Idosos - Na próxima quarta (1º) começa a Semana do Idoso, em Pelotas. Veja a programação aqui.
    Vinholes

    Patrono da Feira do Livro - O pelotense Luiz Carlos Vinholes foi escolhido patrono da edição 2014 da Feira do Livro de Pelotas, marcada para de 30 de outubro a 16 de novembro, no redondo da Praça Pedro Osório. Segundo a Secretaria de Cultura (Secult), Vinholes é poeta, pioneiro da música aleatória no Brasil, crítico musical, adido cultural, músico de vanguarda e divulgador da cultura brasileira dentro e fora do Brasil.

    Pagamento do funcionalismo - O salário dos servidores municipais, referente ao mês de setembro, estará disponível nesta terça (30). O auxílio alimentação (Refeisul) é depositado no dia 5 de cada mês. A relação dos estabelecimentos que aceitam o Refeisul e contracheques podem ser acessados no portal do servidor, em www.pelotas.com.br

    SimpCom uma diferença de 512 votos, a chapa da situação venceu a eleição para a direção do Sindicato dos Municipários de Pelotas, gestão 2014/2017. O sindicato tem 25 anos de existência. A presidência continua com Tatiane Lopes Rodrigues.

    Atendimento da Biometria -  A partir desta quarta (1º), o Serviço de Medicina, Higiene e Segurança do Trabalho, antiga Biometria, passa a funcionar no horário de expediente da prefeitura, das 12h30 às 18h30, de segunda a sexta-feira. Setor faz análise de licenças médicas e atestados para servidores do Município. Fica na rua General Osório, 1.120. Telefones 3921-6050 e 3921-6064.

  • Câmara, presidida por Ornel, aprova PL do Remanejamento de Verbas do orçamento que ela própria desrespeitou

    Última atualização: 16h46 de 29/09/2014
    Ademar Ornel, presidente da Câmara: cobranças à prefeitura por algo que a própria Câmara desrespeitou

    Depois de ter perdido o prazo para apreciar a votar projeto de lei do Executivo em Regime de Urgência, prevendo remanejamento da verbas do orçamento de 2014, a Câmara de Vereadores aprovou o PL nesta segunda (29). Projeto foi enviado há mais de 15 dias, mas só agora foi votado.

    A votação só ocorreu depois que o secretário de Gestão Administrativa e Financeira, Francisco Cruz, prestou uma segunda rodada de explicações para o remanejo de verbas - a primeira foi na última quinta (25). Cruz foi convocado pela Câmara para explicar as razões do PL, apesar destas estarem descritas no projeto de lei.

    O remanejamento de recursos foi necessário pelos seguintes motivos:

    1) A necessidade de recuperar R$ 10,6 milhões para pagamento dos servidores. Aquela verba, que constava do montante geral da folha de pessoal, foi retirada ilegalmente daquela finalidade pelos próprios vereadores, para emendas apresentadas por estes. Era um recurso que fatalmente teria de retornar à fonte original, como se fez agora, porque iria faltar à frente. Nas suas emendas ilegais, vereadores feriram a lei que proíbe retirara de dinheiro destinado a vencimentos, cota patronal e serviço da dívida;

  • Postais pelotenses: "Em busca do Paraíso"

    Daniel Giannechini

    Nos olhos meus: Em busca do paraíso

  • Esterilização de animais é o menor dos 'problemas'

    Última atualização: 15h57 de 29/09/2014

    Outro dia, a ONG SOS Animais reclamou de atraso no repasse de verba para a esterilização de cães e gatos abandonados em Pelotas. Em carta aberta, chegou a falar em suspensão do convênio, firmado com a Prefeitura em abril passado. 

    O Executivo nunca suspendeu o contrato. Reconhece atraso no repasse, mas de apenas uma mensalidade, a de agosto passado. E explica que o motivo foi de ordem administrativa e legal, que obrigou ao remanejamento de verba na forma de projeto de lei. 

    O projeto de lei foi enviado à Câmara de Vereadores há cerca de 15 dias. A Câmara, porém, deixou passar o prazo legal para apreciar e votar o projeto, atrasando o repasse. 

    Na manhã desta segunda (29) a Câmara finalmente votou e aprovou o projeto de remanejamento total de verbas (incluindo o referente ao convênio com a SOS Animais). Com isso, nesta terça o valor do empenho mensal à SOS (de R$ 21 mil) referente a agosto poderá ser feito e os seguintes, até o final de 2014, também.

  • Levy Fidelix baixa o nível ao falar do casamento gay no debate da Record

  • Chef

    Déborah Schmidt

    Longa é uma celebração à gastronomia, à amizade e à família

    Cena de Chef

    O ator, diretor, roteirista e produtor Jon Favreau conquistou seu espaço em Hollywood depois de um começo no cinema independente em filmes como Swingers (1996). Mais de uma década depois, ele ajudou a consolidar o sucesso da franquia Homem de Ferro e transformá-la em um fenômeno ao longo de três filmes (Favreau dirigiu os dois primeiros). De volta à cena indie, ele dirige, escreve e protagoniza o despretensioso e simpático Chef.

<
123...140
>